Buscar

Após ser questionado sobre o uso da máscara, o presidente Jair Bolsonaro se exalta e ataca imprensa.


No último dia 21, o presidente Jair Bolsonaro, em viagem à Guaratinguetá, interior de São Paulo, foi recebido por jornalistas que o perguntaram sobre a marca de 500.000 mortos pela COVID-19, alcançada no último fim de semana e sobre os protestos do dia 19 de Junho. No entanto, ao ser questionado pela jornalista Laurene Santos da TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo, sobre ter chegado a cidade sem máscara, sendo que o uso de máscaras está determinado por lei e o próprio presidente já foi multado por não usá-las, Bolsonaro se exaltou, retirou a máscara, xingou a jornalista e criticou a Rede Globo.

Ainda que o atual presidente receba diversas críticas por causa desses ataques públicos à mídia e aos jornalistas, não são críticas tão ferrenhas quanto as que eram feitas à Dilma Roussef, sendo que a mesma não tinha respostas grosseiras e de cunho antidemocrático de ataque à imprensa, mesmo quando ela era duramente atacada durante as entrevistas. Ao analisar as entrevistas coletivas e individuais que Dilma participava, era notória sua postura de respeito em relação aos profissionais ali presentes. Um vídeo muito marcante que demonstra essas características da ex-presidenta, é um publicado pelo Estadão (31/12/2014, YouTube) em que ela mostra detalhes do Palácio da Alvorada. Além de conversar, de forma descontraída com os jornalistas, Dilma até deu dicas culinárias naquele dia. E, mesmo no decorrer de todo o processo de impeachment que ela sofreu, o mesmo comportamento respeitoso prevaleceu, apesar da discordância e da tristeza no decorrer dos fatos. Ainda assim, Dilma era desenhada e caracterizada como grosseira, explosiva, nervosa, entre outras. Um exemplo marcante disso é a capa da revista Istoé, que tinha como chamada “As explosões nervosas da Presidente”, com uma imagem descontextualizada de Dilma gritando (Istoé, 06/04/2016).


#Pracegover a imagem contém uma foto de Bolsonaro aparentemente irritado durante a entrevista, no canto superior esquerdo está o logo do Senso Crítico e abaixo está a manchete: “Após ser questionado sobre o uso da máscara, o presidente Jair Bolsonaro se exalta, xinga jornalista e ataca a imprensa.”


0 visualização0 comentário