Buscar

Enem 2021: funcionários do INEP denunciam censura à algumas questões da prova


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), principal prova de acesso ao ensino superior do país e uma das mais importantes do mundo, está sendo alvo de censura pelo Governo Federal. Segundo funcionários do INEP, a prova é organizada sob um complexo esquema de segurança que foi quebrado para que o governo pudesse ter acesso à prova e solicitar a exclusão das questões. As questões relacionadas a fatores socioeconômicos e à história recente do país foram os principais alvos. Em uma entrevista nesta segunda-feira, dia 15, o presidente Jair Bolsonaro celebrou que as questões começam a ter “a cara do governo”. A censura do Enem é resultado de um movimento que vem crescendo nos últimos anos. Já em 2015, a prova foi alvo de críticas por parte de grupos conservadores após apresentar uma questão com uma frase da filósofa feminista Simone de Beauvoir.

Esse movimento de grupos conservadores e de extrema direita da sociedade civil e de membros do legislativo ganhou força com campanhas “contra a doutrinação” dentro das escolas e das universidades, sobretudo com o projeto “Escola Sem Partido”. “Doutrinação de esquerda” foi a expressão dada por esses movimentos a todo e qualquer tipo de pensamento crítico a respeito da história e da sociedade. Porém, no governo Bolsonaro, esses movimentos ganharam ainda mais força, pois foram e ainda são incentivados pelo próprio presidente, além de comporem as diretrizes do Ministério da Educação, ancorados no “Escola Sem Partido”. Uma matéria de 2019 do El País abordou, de forma aprofundada, essa questão, reunindo relatos de professores que disseram ter sido constantemente perseguidos nas escolas por causa de termos, palavras ou abordagens utilizadas a respeito de determinados temas. Isso gerou um medo recorrente nesses profissionais, o que provocou até mesmo, o afastamento de alguns, como demonstraram os dados de uma pesquisa feita pela “Associação Nova Escola”.


#ParaTodosVerem a imagem contém uma foto de um estudante preenchendo um caderno de questões do Enem, acima está a manchete “Enem 2021: funcionários do INEP denunciam censura à algumas questões da prova” e no canto inferior direito está o logo do Senso Crítico.


0 visualização0 comentário