Buscar

Fome e insegurança alimentar no Brasil: como estão nossas crianças?


Os dados sobre a fome e a insegurança alimentar no Brasil são assustadores. Já abordamos no Senso Crítico que o Brasil voltou para o mapa da fome. De acordo com O relatório conduzido pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), mostrou que 19,1 milhões de pessoas estão passando fome e que 55,2% da população brasileira vive em situação de insegurança alimentar. E quando paramos para pensar nas crianças que estão inseridas nessa situação? Uma matéria da Uol (novembro de 2021) expôs e explicou muito bem esse cenário com dados do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional do Ministério da Saúde. De acordo com os números, somente 26% das crianças brasileiras (entre 2 a 9 anos de idade) têm três refeições básicas no dia, ou seja, café da manhã, almoço e jantar. Esse número escancara a grave realidade da maioria das nossas crianças. É válido ressaltar que esse índice era de 76% em 2015 e foi diminuindo drasticamente, até o presente momento.

A alimentação adequada, como um direito humano, deve ser garantida a toda a população e deve ser assegurada em conjunto com políticas de enfrentamento da falta de água e terras agrícolas, de combate à escassez e aos preços altos dos produtos derivados do petróleo e dos minerais, e a exigência de produzir alimentos saudáveis de alto valor nutricional. No caso da saúde na infância, a nutrição é um fator importante, pois a ausência de uma alimentação adequada pode afetar o crescimento da criança, assim como ela pode desenvolver doenças de curto e longo prazo, como anemia, ao passo que afeta também o desempenho da criança em atividade diárias, como no aprendizado escolar.


#ParaTodosVerem: imagem como foto em preto e branco no fundo de uma criança com o rosto embaçado, segurando e mostrando um prato vazio na mão. Frase escrita de branco em parte da imagem, no canto direito: “‘Quem tem fome tem pressa’ - Betinho”. Logo do Senso Crítico no canto inferior direito e a seguinte legenda na parte inferior esquerda: “Fome e Insegurança Alimentar no Brasil: Como estão nossas crianças?".


0 visualização0 comentário