Buscar

Indígenas ocupam fábrica que engarrafa água para barrar a exploração industrial de água no México.


Uma matéria do Brasil de Fato (setembro de 2021) mostrou que 20 povos indígenas mexicanos se uniram em uma organização para ocuparem uma fábrica engarrafadora de água mineral da Bonafont (vinculada ao grupo Danone) com o objetivo de barrar de uma vez por todas a exploração industrial da água do país. A decisão foi tomada de forma coletiva e a ocupação já dura mais de um mês, no município de Juan C. Bonilla, estado de Puebla. Na parte ocupada os indígenas debatem sobre os passos do movimento e discutem sobre o direito à água. Segundo líderes do movimento, a empresa toma para si as terras de camponeses e poluem os rios do país. A empresa, como colocam os indígenas, rouba a água deles e vende para lucrar. Além disso, denunciam perseguições e intimidações, tanto por parte do Estado, quanto por parte da própria empresa. Diante disso, revelaram o intuito de acionar a CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos. A ocupação também tem sido usada para a discussão de outros problemas da região, como a falta de educação, direito das mulheres, saúde e ecologia.

No México, a Lei Nacional de Águas, de 1992, é responsável pela regulação da exploração dos aquíferos por empresas privadas. No entanto, ativistas argumentam que tal lei é um incentivo à mercantilização da água. Com as consequência resultantes dessa exploração, como a baixa no nível dos poços, os indígenas da região precisam utilizar a água engarrafada para suas atividades diárias que consistem, além de cozinhar e tomar banho, na criação de animais e irrigação de colheitas. Atualmente o país é um dos principais consumidores de água engarrafada do mundo, atrás apenas da China e dos Estados Unidos, segundo dados trazidos pelo Brasil de Fato.


Foto: La Jornada


#ParaTodosVerem: foto com imagem de indígenas em mesa com cartazes e pinturas que representam suas demandas e denúncias. Logo do Senso Crítico no canto inferior direito. Legenda na parte superior da imagem: 20 Povos Unidos das Regiões Choluteca e Volcanes ocupam fábrica que engarrafa água para barrar a exploração industrial de água no México.


3 visualizações0 comentário