Buscar

Luta pela Democratização da Comunicação


Embora a Constituição Federal proíba o monopólio e o oligopólio dos meios de comunicação, de acordo com o Monitoramento da Propriedade da Mídia, apenas 11 famílias têm o controle de 70% da mídia brasileira, concentrando-se em 6 grupos empresariais. E, dessas 11 famílias, somente 5 delas controlam metade dos 50 veículos de comunicação com maior audiência. Isso significa dizer que elas possuem um controle de poder e de influência, tanto sobre a população brasileira, quanto sobre as instituições do país.

O problema do monopólio midiático é que todo o controle da informação fica concentrado em poucos veículos, o que abre espaço para que as mídias manipulem a informação e transmitam somente as notícias que as interessam. Nesse cenário, os veículos midiáticos, por meio da informação, podem influenciar até mesmo o sistema político, oferecendo um risco para a democracia. Assim, não só o acesso à informação, mas também a existência de uma informação plural é necessária para a defesa da democracia e dos Direitos Humanos.


#ParaTodosVerem a imagem contém uma foto de pessoas comprando jornal em uma banca, acima está o escrito “Luta pela Democratização da Comunicação” e no canto inferior esquerdo está o logo do Senso Crítico.


1 visualização0 comentário