Buscar

Na última sexta feira, Pablo Ramos um dos dirigentes do movimento camponês CODECA, na Guatemala


Na última sexta-feira, dia 10, Pablo Ramos, um dirigente do Comité de Desarrollo Campesino (CODECA) foi assassinado na cidade de Morales, a 250 km da capital da Guatemala. Desde 2018,Ramos mantinha uma luta pela recuperação de terras da comunidade Navajoá. Segundo testemunhas, Ramos foi baleado por dois homens em uma motocicleta enquanto estava no trabalho, no qual vendia artigos de uso diário. Os membros da comunidade de Ramos relataram que ele já vinha recebendo ameaças.

O CODECA é uma organização camponesa de mulheres e homens agricultores indígenas que foi criada em 1992. Os objetivos da organização constituem em melhorar as condições de vida das comunidades camponesas por meio do impulso para o desenvolvimento rural. Essa construção se dá de forma participativa e equitativa, buscando incentivar a criação de políticas para o campo que incluam a participação de setores marginalizados e excluídos no processo de formulação dessas políticas. Os pilares da luta do CODECA são: direitos de posse seguro; direitos iguais à terra para mulheres; garantir direitos territoriais para os povos indígenas; defender o direito à terra protegida.


#ParaTodosVerem: A imagem contém um fundo cinza com uma foto de Pablo Ramos no lado direito, abaixo está a manchete “Na última sexta feira, Pablo Ramos um dos dirigentes do movimento camponês CODECA, foi assassinado em Izabal na Guatemala.” e no canto inferior direito está o logo do Senso Crítico.


1 visualização0 comentário