Buscar

Operação da PF, com o apoio de cinco estados, apreende 131 balsas de garimpo no Rio Madeira


No último sábado, uma operação intitulada Uiara, que reúne servidores da Polícia Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), Marinha e Aeronáutica de cinco estados brasileiros, apreendeu 131 balsas garimpeiras no Rio Madeira, um dos rios mais importantes da Amazônia. Além da destruição das balsas, a polícia federal também determinou a prisão de 3 pessoas. Apesar da apreensão, na última semana, segundo o Greenpeace, havia cerca de 300 de dragas garimpeiras na região, sem licença ambiental para mineração, o que indica que ainda há um longo trabalho no combate ao garimpo.

De acordo com uma matéria do Brasil de Fato (novembro de 2021), Rafael Modesto, membro da assessoria Jurídica do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), afirmou que as ações praticadas pelos garimpeiros na região são cheias de ilegalidades. Assim, ele explicou que o garimpo é muito prejudicial ao meio ambiente, pois pode ocorrer a contaminação da água do rio por mercúrio. O mesmo também fala sobre a possibilidade de estar acontecendo crimes como contrabando, trabalho escravo, tráfico de drogas e crimes ambientais. Ademais, antes da operação Uiara, a atividade não passou por nenhum tipo de fiscalização.

Além disso, é preciso compreender que, além de ilegal, o garimpo realizado pelas dragas coleta o material de interesse, filtra e a água é colocada novamente no rio, o que polui o rio e contamina as famílias que vivem em comunidades ribeirinhas e indígenas.

Damos destaque também ao fato de que esse avanço do garimpo tem se dado de forma muito violenta, já que nos últimos 06 meses, sete indígenas foram mortos por causa do garimpo, sendo quatro deles crianças.

Ainda com as apreensões, medidas estão sendo cobradas das autoridades públicas para impedir de vez que essas atividades ilegais associadas ao garimpo causem ainda mais danos do que os já causados até então.


#ParaTodosVerem a imagem contém uma foto de balsas garimpeiras enfileiradas no Rio Madeira, acima está a manchete “Em operação da Polícia Federal, com o apoio de cinco estados, 131 balsas garimpeiras foram apreendidas no Rio Madeira” e no canto inferior direito está o logo do Senso Crítico.


0 visualização0 comentário