Buscar

Roberto Jefferson (PTB) é preso pela Polícia Federal por envolvimento nas milícias digitais


Roberto Jefferson, presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e ex-deputado federal, foi preso pela Polícia Federal na sexta-feira, dia 13/08. A decisão da prisão preventiva foi assinada pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Morais, no âmbito do inquérito que investiga um conjunto de ações criminosas no meio digital, os qauis objetivam atacar a democracia brasileira, bem como as suas instituições democráticas, conhecido como “inquérito das milícias digitais”. Segundo uma matéria do Uol.com (agosto de 2021) o ex-deputado chegou a defender um Ato Institucional, contra o STF, nos moldes do “AI-5”. É fundamental compreender que o “AI-5” foi o mais duro dos decretos emitidos pela ditadura militar no Brasil, responsável por dar mais poderes ao Presidente em relação aos poderes legislativo e judiciário, o que culminou no fechamento do Congresso Nacional, além da institucionalização da tortura e aumento da repressão e da censura.

Após a prisão, a base aliada do presidente Bolsonaro criticou o ministro do STF. O deputado federal Eduardo Bolsonaro publicou em seu Twitter: "O que são atos antidemocráticos? milícia digital? Fake news? A democracia, essa balela de Estado democrático de direito, já não estão sob ameaça, estão sob ataque intenso mesmo. O Senado tem que enxergar quem joga fora das 4 linhas da constituição". O vice-presidente Hamilton Mourão também manifestou-se afirmando que prender é “meio complicado” (Gazeta do Povo, agosto de 2021).

Roberto Jefferson já se envolveu em escândalos no passado. Em 2005, o ex-deputado ficou conhecido por ter denunciado o esquema do Mensalão, porém, no mesmo ano, teve seu mandato cassado por ter mentido ao acusar outros deputados sem provas. Em 2012, foi condenado a sete anos de prisão no julgamento do próprio Mensalão, por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Recentemente, Jefferson voltou a chamar a atenção por postagens nas redes sociais, nas quais segura armas e ataca o próprio STF e as instituições democráticas.


#PraCegoVer: imagem com foto de Roberto Jefferson e Bolsonaro apertando as mãos, com o logo do Senso Crítico no canto inferior esquerdo e com a seguinte legenda ao lado: “Roberto Jefferson (PTB) é preso pela Polícia Federal por envolvimento nas milícias digitais”.


0 visualização0 comentário