Buscar

Romantização da pobreza: como a mídia está tratando o problema da fome e a alta no preço do gás


Como foi visto em nossa postagem do dia 28/04, o Brasil voltou para o mapa da fome em 2021, além de que mais da metade da população estar sofrendo com a insegurança alimentar. Para além das problemáticas apontadas na publicação, existe o fato de que os aumentos do preço do gás de cozinha também passou a ser um problema enfrentado pelo povo. Segundo uma matéria do jornal Correio (abril/2021), em algumas regiões, o preço do botijão do gás utilizado para cozinhar chegou ao patamar de R$90,00 a R$100,00.

Diante desse cenário crítico, uma equivocada reportagem veiculada na “Rede Massa”, afiliada ao SBT do Paraná, no dia 22/04, trouxe a seguinte chamada: “Gás caro e comida mais saborosa: fogão à lenha vira xodó nas casas”. A reportagem foi muito criticada nas redes, porque abordou uma realidade tão triste de forma romantizada, afastando-se da realidade ao qual o país está enfrentando.

É válido ressaltar que, outros veículos de informação, em algumas de suas matérias, têm tratado o assunto da fome em sentido semelhante, sem analisar e denunciar com criticidade. A exemplo disso, encontramos notícias a respeito de quando é seguro comer pão, queijo e outros alimentos mofados (G1.com) e até mesmo sobre se é possível ou não salvar alimentos infestados com caruncho, com a indagação “Faz mal comer inseto?” (Uol.com)

As notícias, no entanto, não mencionam os riscos para a saúde da população. Manter um fogão a lenha em um ambiente fechado, para além do risco de queimaduras, aumenta a chance de desenvolver uma pneumonia. Assim, ao tratar a questão dessa forma, há uma desqualificação do assunto como se esta situação fosse uma escolha das famílias, porém, como visto, trata-se de uma falta de opção, devido à redução do poder de compra dos indivíduos. O risco, desse tipo de informação desqualificada, é a responsabilização da própria pessoa pela condição em que está vivendo, quando, ao contrário, é resultado da ausência de políticas públicas adequadas.


#Pracegover A imagem contém uma foto de um fogão à lenha, no canto superior esquerdo está o logo do Senso Crítico e abaixo está a manchete “Romantização da pobreza: como a mídia está tratando o problema da fome e a alta no preço do gás”.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo