Buscar

#TBTCRÍTICO: MÊS DO RAMADÃ


Aproveitando o destaque que a celebração do mês do Ramadã recebeu nas redes sociais, queremos chamar atenção para o debate acerca das perseguições aos muçulmanos e da islamofobia. Diante de ataques terroristas realizados por grupos radicais adeptos da religião, muitas pessoas e até mesmo a mídia passaram a fazer uma associação equivocada entre o terrorismo e o Islã. Essa associação levou governos de diversos países da Europa a tomarem medidas que reforçam o preconceito e que ferem a liberdade religiosa dos muçulmanos, como proibir o uso do niqab, burca ou burkini, como aconteceu na França em 2016. Outro exemplo a ser mencionado, que é abordado pelo Jornal da USP, em uma matéria publicada em Fevereiro, é o da lei adotada na Suíça para proibir a utilização de adereços que cubram o rosto em ambientes públicos. Isso inclui trajes típicos de mulheres praticantes da religião Islâmica, como burca e niqabs.

No Brasil, apesar de ser um país com grande diversidade religiosa, a intolerância religiosa é um problema. Na mesma matéria do Jornal da USP, a antropóloga Francirosy Campos Barbosa, do Departamento de Psicologia da FFCLRP/USP, aponta que as principais vítimas de ataques islamofóbicos no Brasil são mulheres que usam o niqab. As agressões podem acontecer em qualquer local ou virtualmente, sendo tal fenômeno denominado pela pesquisadora de islamofobia de gênero.

É preciso enfatizar que ter uma religião e poder manifestar-se sobre ela é um direito humano de todas e de todos e está previsto na Declaração Universal dos Direitos Humanos, em seu Artigo 18. Assim, a islamofobia e qualquer outro tipo de medida que incentive ou consinta na prática preconceituosa em relação às pessoas que professam a religião islâmica, simboliza a violação desse direito.


Foto: REUTERS/ Willy Kurniawan


#PraCegoVer: imagem do #TBTCrítico com essa hashtag no canto superior esquerdo e com foto de várias mulheres muçulmanas orando, em preto e branco, e com a seguinte legenda na parte inferior da imagem na cor branca, com fundo vermelho: Mês do Ramadã e a importância de falar sobre os preconceitos contra a religião Islâmica.


0 visualização0 comentário